O que fazer em Monte Alegre do Sul? Faça já as malas!

O que fazer em Monte Alegre do Sul? Faça já as malas!

Amanda Britto
Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter

Imagem de capa: circuitodasaguaspaulista.sp.gov.br

Monte Alegre do Sul é uma das belas cidades do interior do estado de São Paulo. Localizada na Serra da Mantiqueira, a aproximadamente 70 quilômetros de Campinas e a 140 quilômetros da cidade de São Paulo, fica próxima à divisa com Minas Gerais. Muitos turistas se perguntam: o que fazer em Monte Alegre do Sul?

Descubra o que fazer em Monte Alegre do Sul

Monte Alegre do Sul é uma estância hidromineral, integrante do Circuito das Águas Paulista

Logo na chegada, a recepção é feita pelo belo e muito bem conservado Portal da Cidade, dando as boas vindas aos visitantes.

Em seguida, uma das principais vias de acesso ao centro da cidade é o Pontilhão da Mogiana, sobre o Rio Camanducaia, cuja estrutura metálica foi importada dos Estados Unidos em 1887. 

E se você está pensando que não há muito o que fazer em Monte Alegre do Sul, você vai se surpreender.

Sugestões do que fazer em Monte Alegre do Sul

Além da qualidade das águas de suas fontes, bicas e cachoeiras, você vai desfrutar de uma deliciosa gastronomia, praticar esportes radicais, conhecer o centro cultural da cidade, além de diversos outros pontos turísticos. 

Então, tome nota sobre o que fazer em Monte Alegre do Sul:

1. Balneário Municipal

Cercado por natureza exuberante, o Balneário Municipal é um convite ao relaxamento. 

Considerado um dos melhores do Circuito das Águas Paulista, oferece aos visitantes 

  • seções de hidromassagem; 
  • saunas úmida e seca; 
  • banhos de espuma e imersão;
  • duchas (simples, escocesa e circular);
  • serviços de estética e massoterapia. 

Com suas águas terapêuticas, é ideal para relaxar corpo, mente e se desligar de tudo.

O que fazer em Monte Alegre do Sul

Fonte: Prefeitura Municipal da Estância Hidromineral de Monte Alegre do Sul

2. Cachoeiras

Conheça a lista de cachoeiras para visitar:

  • Cachoeira das Andorinhas: com uma queda d’água de aproximadamente 10 metros, grutas e piscinas naturais, a cachoeira do Rio Camanducaia é uma das atrações da cidade. Possui ainda estrutura de restaurante e parquinho para a criançada. No entardecer, ainda presenteia a todos com uma bela revoada de andorinhas.
  • Cachoeira da Pousada: fica dentro de uma pousada. Além da cachoeira, a pousada ainda oferece pesca esportiva e parede de escalada.
  • Cachoeira do Sol: com diversos poços e uma queda d’água de mais de 200 metros. 
  • Cachoeira de Mostardas: fica localizada num distrito próximo e de fácil acesso. Apesar da pequena queda d’água, possui um poço amplo, ideal para banhos.
O que fazer em Monte Alegre do Sul

Fonte: saopaulo.sp.gov.br

3. Fontes de água 

No centro da cidade, encontramos 10 fontes. Entre as mais procuradas, destacamos: 

  • Fonte Bom Jesus: é a mais procurada. Suas águas possuem propriedades medicinais, sendo indicadas para tratamento de artrite, artrose e problemas de pele.
  • Fonte da Índia Obirici: localizada na antiga Estação Experimental em meio a  muita natureza, a Fonte da Índia é caminho para quem gosta de praticar caminhadas e fazer ciclismo. Reza a lenda que para atrair boas energias, você deve jogar água nos pés da índia 3 vezes, antes de beber da fonte. Não custa nada tentar.

4. Lago dos Patos

O Lago de Girardelli, mais conhecido como “Lago dos Patos”, situa-se dentro da Área de Lazer Vereador José Francisco Baldi. O local abriga também a Fonte Caetano Sergio Manfrini, além de um pequeno parque de diversões para a criançada. 

5. Mirantes

Entre os mirantes, para aproveitar a vista estão: 

  • Mirante do Cristo Redentor: localizado a 872 metros de altura, o Mirante do Cristo Redentor proporciona aos visitantes uma vista panorâmica da cidade, além de todo o Vale do Camanducaia e localidades vizinhas. De fácil acesso, você pode optar por ir de carro, bicicleta ou até mesmo fazer uma bela caminhada. 
  • Mirante do Cruzeiro: com uma bela vista da cidade, o Mirante do Cruzeiro ainda tem a peculiaridade de relembrar as 15 estações da Via Crucis, através das esculturas no trajeto. No final da subida (acesso somente pela escadaria ao lado da Igreja Matriz), você encontrará a Capela Nossa Senhora da Encarnação com esculturas referentes ao santo sepulcro (sepultamento de Cristo).
O que fazer em Monte Alegre do Sul

Fonte: montealegredosul.tur.br

6. Santuário do Senhor Bom Jesus

Único santuário no Circuito das Águas Paulista, o santuário carrega em sua arquitetura elementos do Barroco e da Renascença, sendo seu belíssimo altar-mor entalhado em madeira e os demais em mármore esculpido. 

Em seu interior, encontramos belíssimos vitrais, muito bem conservados e, ainda, pinturas do artista italiano Domenico Rocco. 

É a partir da lateral da igreja que se tem acesso à subida para o Morro do Cruzeiro. 

7. Roteiro Cultural

Ainda tem mais o que fazer em Monte Alegre do Sul! Vejamos, então: 

  • Centro Cultural José Peschiera: a antiga Estação de Trem da Mogiana, inaugurada em 1890, é hoje o Centro Cultural. Entre outras coisas, abriga a antiga locomotiva e seus vagões que eram usados para o transporte de passageiros e responsável pelo desenvolvimento econômico da região. Participante do Projeto Memória, é hoje um dos pontos turísticos da cidade. 
  • Memorial Mauro Silva: localizado dentro do Centro Cultural, é uma exposição em homenagem ao jogador Mauro Silva, tetracampeão pela seleção brasileira de futebol em 1994.
  • Cidade das Artes: é um passeio que os pequenos adoram. Na cidade das Artes, encontramos a “Mini Cidade” que é uma réplica dos principais pontos turísticos da cidade em tamanho miniatura. Encontramos também obras religiosas, obras de artistas locais e uma exposição de releituras de obras de grandes artistas como Tarsila do Amaral, Portinari, Salvador Dalí, entre outros. É possível encontrar ainda exposições de artistas renomados, seja na área da pintura ou escultura.
  • Associarte: trata-se da Associação dos Artesãos de Monte Alegre do Sul. Lá, você encontra produtos diversos, feitos em madeira reciclada, papel, lã, palha, cerâmica e outros materiais produzidos pelos artesãos locais. Vale a visita!

O que mais fazer em Monte Alegre do Sul? Extras!

Se você quer mais opções do que fazer em Monte Alegre do Sul, inclua no seu roteiro:

  • Fazenda Experimental: é a atual sede do Polo Regional do Leste Paulista, onde foram criadas as primeiras mudas de morango do estado.
  • Praça Bom Jesus: abriga um casario e a Praça Recanto Sebastião Silva com playground para a criançada. 
  • Cachaçarias: produzem as cachaças que estão selecionadas entre as melhores do país. Afinal, não é à toa que é conhecida como a “Capital da Cachaça”. Alguns dos alambiques estão abertos para visitação (e degustação também). Cachaça Campanari, Adega do Italiano, Adega Peterlini, Chora Menina estão entre os melhores rótulos. 
  • Festa do Morango: no quesito o que fazer em Monte Alegre do Sul, fechamos com a tradicionalíssima Festa do Morango, realizada no mês de julho. Além de shows e outras produções artísticas e culturais, é um festival gastronômico que nos brinda com várias delícias feitas com a fruta, além de outros produtos produzidos na região. 

Portanto, agora você sabe que não vai faltar o que fazer em Monte Alegre do Sul. Inclua essa linda, bucólica e agradável cidade em seu próximo roteiro.

Pronto para fazer as malas? Quer economizar na sua viagem? Então, é hora de começar a reservar hotel com cashback

O sistema de cashback funciona retornando parte do dinheiro que você usou para fazer uma reserva de hotel. Ou seja, sua viagem fica ainda mais barata porque você recebe de volta parte do que gastou. 

Quer saber mais sobre o assunto? Então acesse nosso artigo exclusivo: Como funciona o cashback? Como receber reembolso de compras e viajar mais usando esse recurso. 

Acesso o site da Vacato e aproveite nossas soluções! Conheça todas as vantagens e comece a receber cashback a cada viagem.

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter